HINO À TAPEROÁ

As margens do rio, Taperoá
Sua origem se deu
Entre ricas e belas proles
A querida Paraíba nos acolheu
No sítio Batalhão
O oásis do meu Cariri
Onde tropas, comboios e boiadas
Se deleitavam em teu seio a dormir
Com muita bravura e perseverança
Da gente forte do meu Cariri
Com fé, amor e esperança
Nos belos dias que hão de vir
És fruto da luta
De um povo fiel e vencedor
Perante a Paraíba és a boa semente
És a terra ascendente futuro promissor

Meu Taperoá
A tua gente acredita em Deus
São muitas as tuas bênçãos
A riqueza entre todas nos concedeu
És fértil meu torrão
Um recanto do imenso Brasil
Fauna e flora, singela fazenda
Rio que alenta nossos corações
Um tesouro imenso e conhecimento
Na cultura tu és a maior
Na dança, música e poesia
São teus valores grande teor
És fruto da luta
De um povo fiel e vencedor
Perante a Paraíba és a boa semente
És a terra ascendente futuro promissor


O Hino de Taperoá foi oficializado mediante Lei nº 07/2004, em 08 de junho de 2004. 
A Letra é do compositor Benedito Gomes da Costa Neto e a música de Natanael Bezerra Gomes.